Solua no teatro

Solua no teatro

O primeiro episódio de Solua, o vampirinho vegano estreou no Teatro do Ator em São Paulo - SP - Brasil, em março de 2015 e teve curtíssima temporada...

As apresentações da peça teatral ficaram temporariamente interrompidas, mas o projeto continuou a todo vapor (com Lou de Olivier fazendo tudo sozinha) com diversas contações de histórias em eventos veganos, lançamento de camisetas e gincanas do vampirinho vegano, mais duas aventuras em e-books/cartilhas e quatro resumos de episódios em animação 3D que estão no youtube. E, no início de 2017, Lou de Olivier coordenou a produção de um mega evento teatral com esquetes do vampirinho vegano... Desta vez, reunindo seis elencos de teatro, sendo cinco de teatro profissional e um elenco amador.

O projeto todo tem  caráter filantrópico e de ação socioambiental e animal. E o principal objetivo é e sempre será levar o veganismo consciente a todos que pudermos alcançar. Lembrando que a renda conseguida com a venda dos e-books e camisetas é doada aos cuidadores de animais abandonados. Quanto a mega-apresentação teatral, aconteceu com entrada franca e teve uma agradável surpresa. A princípio, a ideia era fazer apresentações simultâneas em diversas cidades brasileiras em um único dia, mas o empenho dos elencos participantes e a forte disposição da Lou proporcionaram estender o evento para uma semana de apresentações.

Sendo assim, a mega apresentação aconteceu no período de 3 a 10 de fevereiro de 2017 em diversos pontos do Brasil. Isso mesmo, foi uma mega-apresentação teatral com vários atores, duplas e Cias Teatrais. Cada dupla ou Cia teve um elenco e um(a) diretor(a) independente, mas todos coordenados pela Lou e todos ligados numa mesma intenção: despertar em todos, o amor por todos os tipos de vida, o respeito à natureza, ao próprio corpo, incentivando uma alimentação mais saudável e um maior entrosamento entre humanos e animais. O resultado foi também muito animador. Em apenas uma semana de apresentações os esquetes foram assistidos por duas mil crianças e duzentos adultos na forma presencial. E foram apresentados também online. Isto é gratificante! É o vampirinho vegano plantando uma nova consciência.

Confira alguns comentários de artistas profissionais e amadores que participaram. OBS: Os comentários foram registrados durante a fase de ensaios que durou aproximadamente um mês, por isso, a maioria dos comentários citam o evento como se ainda fosse acontecer. Confira a seguir!

“Estou neste planeta a serviço do Eterno, tudo que faço é para ajudar as pessoas e melhorar o mundo. Essa é a essência da vida, ser útil ao Universo. O vampirinho vegano é uma forma teatralizada de ensinar uma nova consciência de vida que é essencial à sobrevivência humana e preservação de todas as espécies. Não é só alimentação, é nutrição, é convivência pacífica, é cultivar e preservar de fato a natureza. É a real Paz entre todos os seres. E estou feliz em perceber que muitos artistas tanto profissionais quanto amadores estão acreditando neste meu projeto. E, juntos, somos sucesso! O sucesso do bem!” (Ana) Lou de Olivier – Idealizadora e Coordenadora do Projeto Vampirinho Vegano. Lou também dirigirá o elenco de São Paulo - SP

 

Já participei da produção com a Ana Lou de Olivier “Kabbalah, arte de receber e doar” e foi para mim extremamente gratificante! Agora eu me sinto muito honrada em poder participar desta mega-apresentação, levando uma mensagem de conscientização da importância sobre o Veganismo às pessoas. Agradeço você Ana Lou, por mais este convite, pela sua magnífica ideia e interesse em falarmos de tão nobre e necessário assunto nos dias de hoje. Meus parabéns e sucesso!!!” Silene B. Silveira (Atriz).

 

Eu me sinto feliz, honrada, grata e ansiosa, pela oportunidade de poder participar deste megaevento que a Ana Lou de Olivier está organizando, pois acredito que um tema tão ecologicamente correto, que promete mais saúde física e mental para o ser humano e paz para todos (animais e humanos), deve ser amplamente divulgado!” Gicelda Petrole (Atriz).

 

Quando recebi a proposta para fazer parte do projeto teatral sobre o vampirinho vegano aceitei de pronto, primeiro porque acompanho todo o trabalho literário e também de dramaturgia da Ana Lou e sempre fui um admirador dos seus trabalhos. Além do que, esse é um projeto que ajuda a discutir um assunto de suma importância porque o veganismo não é só a questão animal que está em jogo, tem outras questões que precisam ser conhecidas pelo público em geral”. Narciso Campos (Ator e Jornalista).

 

Nos sentimos honrados em participar de mais um projeto dessa mulher espetacular Ana Lou de Olivier, minha companhia ja apresentou o texto Três Contos que vou te contar (Cinderela que não era Bela porque era Branca demais) de autoria de Lou e foi e continua sendo sucesso. Agradecemos a Lou por mais essa oportunidade.” Beth Terras – Diretora da ADOTE - Cia Teatral Ator Domingos Terras .

 

"O que me motivou a participar deste projeto "Solua, o vampirinho vegano” é, por conhecer outros trabalhos de Ana Lou de Olivier, interessei-me no trabalho atual. Os textos "Eu inteiro, metade de mim" e "Os alienados" tem uma qualidade ímpar e ao apreciar o novo trabalho intitulado "Solua, o Vampirinho vegano", pude ter uma sintonia ampla com a questão educacional. Como educador indico esta obra que trata de tema atual e de importância ambiental/animal de forma simples, objetiva mas muito criativa e atraente". Danival Mascarini (Ator e Professor de Artes)

 

"A montagem do esquete do texto teatral, Solua O Vampirinho Vegano, contará com a direção e atuação de Márcia Ribeiro e atuação de Felipe Ferreira. Esta é a segunda produção dramatúrgica de Lou de Olivier a ser encenada pela Cia Introspectus, após “Os Alienados”. Fazer parte deste megaevento nos faz refletir sobre os diferentes modos de vida, sobretudo, o lugar que ocupa ou deveria ocupar em nossas vidas cada ser vivo que compõe nossa biosfera. Trata-se de levar ao público, além de conhecimento sobre a prática alimentar vegana, a possibilidade de cultivar hábitos mais saudáveis e pertinentes à vida animal e ambiental. Lou é uma ativista incansável ao lutar por causas que acredita. Gratidão!!! Temos a honra de contribuir para este movimento. Márcia Ribeiro - Diretora da Introspectus Cia de Teatro

 

“Impossível não citar um grande colega de profissão e fã de meu trabalho. Durante muitos anos, ele lutou para conseguir levar-me à sua região (Palmares – Pernambuco - Brasil), organizou palestras e workshops meus, mas sempre esbarrou na falta de verba e falta de apoio dos órgãos públicos. E minha ida à sua região não se concretizou. Sempre que eu iniciava algum projeto, era um dos primeiros a inscrever-se e participar, mesmo pela Internet. Sei que, se estivesse nesta dimensão, hoje, também participaria ativamente. Mas tenho certeza que, onde está agora, deve estar participando, levando o meu projeto às estrelas e planetas e, formando uma galáxia teatral, com a direção segura do Eterno, tornando assim o vampirinho vegano Universal!” Jaorish Telles (in memoriam) – citação de Lou de Olivier

 

Saiba mais sobre este mega-evento teatral vegano, veja fotos e assista aos vídeos de ensaios, clicando aqui e assista aos vídeos de apresentações, clicando aqui. Venha juntar-se a nós, inclua sua foto e depoimento aqui e vamos, todos juntos, tornar o mundo um lugar melhor para todos viverem! Contate-nos, opine e/ou solicite mais informações  clicando aqui.